Sem categoria
Deixe um comentário

Dia do Pai

Hoje é um Dia do Pai diferente. Diferente porque pela primeira vez não posso desejar Feliz Dia do Pai pessoalmente por estarmos distantes geográficamente. Mas nada de tristezas! O telefone, o telemóvel e até as redes sociais encortam essa distância 🙂

Por ser um dia diferente gostava de escrever algumas palavras que se noutros momentos as senti, actualmente fazem todo o sentido serem referidas. Sempre me disseram “sais mesmo ao teu pai”, chegaram-me a dizer “ris-te tal e qual como o teu pai” e até o mais óbvio “és alta, és como o teu pai”. Toda a minha vida ouvi isto e não posso estar mais de acordo. Só falhei numa coisa. “Rita, vamos correr!”, “Rita devias fazer mais exercício”, “Devias acordar mais cedo!”, este era o discurso habitual do meu pai e  que por norma caía em saco roto. Mas o que é certo é que em toda a minha vida muitas decisões foram feitas tendo em conta a presença do meu pai na minha vida. Não sei se ele terá noção disso.

Hoje em dia quando dou por mim digo pérolas do género “Ah o meu pai faz assim..”, “Ah o meu pai tem isso também…”, o que só mostra a referência que ele é! No último ano muitas foram as mudanças na minha vida. Passos importantes, alturas mais difíceis, mas o meu pai nunca falhou com uma palavras (ou melhor, várias) para me motivar e ajudar quando sei que por muitas vezes ele mesmo estava receoso e está um pouco assustado com o incerto. Isto é ser Pai.

Dei algumas dores de cabeça, poucas diria eu, mas e agora falo no plural, a verdade é que o meu pai e a minha mãe fazem um só e sem sombra de dúvida os meus pais são o meu grande pilar.

Feliz Dia do Pai 🙂

Estarei sempre aqui e tu estarás sempre aí.

 

Deixe um comentário